Atualização das regras do BPC resulta em aumento de R$ 706 por beneficiário


As pessoas que recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada) podem ter aumento de salário. O benefício chega a 2,5 salários mínimos, mas limita o pagamento vindo do governo federal que pode chegar ao valor de até R$ 706.

Foi criado em 2021 o Auxílio-inclusão, um tipo de benefício concedido a quem já recebe o BPC. Por meio dele as pessoas com deficiência têm acesso ao pagamento de R$ 706 pelo, mas perdem o direito ao BPC.

Quem tem direito ao Auxílio-inclusão pelo BPC?

O Auxílio-inclusão vai substituir o. Ou seja, não é possível receber os dois benefícios ao mesmo tempo. Isso porque, o Auxílio-inclusão foi criado como uma forma de incentivar os cidadãos a procurarem um emprego e aos poucos se desvincularem do INSS.

Enviar pelo WhatsApp compartilhe no WhatsApp

Ainda assim, para que não se sintam desamparados eles recebem um auxílio mensal de metade do valor do BPC. Ou seja, o benefício de inclusão paga R$ 706, meio salário mínimo. Para recebê-lo é preciso:
– Atender a todos os critérios do BPC (renda, deficiência, idade e inscrição no Cadastro Único);
– Conseguir um emprego com carteira assinada;
– Receber pelo seu emprego no máximo dois salários mínimos por mês.

Somada a remuneração do trabalho e o auxílio o total é de até 2,5 salários mínimos.

Como pedir o Auxílio-inclusão do INSS?

Assim que for admitido no seu novo emprego o cidadão já deve dar entrada no pedido do. Ao analisar todos os documentos o Instituto vai aprovar ou desaprovar o pagamento.

– Acesse o App Meu INSS e faça login;
– Agora, em “Do que você precisa?” digite “Auxílio-inclusão”;
– Confira se atende aos critérios necessários;
– Anexe os documentos;
– Conclua o seu pedido.

Para mais informações sobre esse benefício, confira escrita por mim.


📂 Notícias