Governo decide isentar Imposto de Renda sobre mudanças após nova decisão


O Ministério da Fazenda anunciou recentemente uma nova faixa de isenção do Imposto de Renda, que trará benefícios para mais de 15 milhões de pessoas em 2024. A declaração para essas pessoas terá início em março, de acordo com as novas diretrizes estabelecidas.

Essa atualização era uma demanda aguardada e já está publicada no Diário Oficial da União. A faixa de isenção do Imposto de Renda de 2024 é uma consequência direta do aumento do teto de isenção para pessoas que recebem até dois salários mínimos, ou seja, uma remuneração mensal de até R$ 2.824. Anteriormente, o limite de isenção era de R$ 2.640 mensais.

Segundo o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, essa isenção foi possível devido ao desconto simplificado de R$ 564,8, o que resulta em uma base de cálculo de R$ 2.259,20, exatamente o limite proposto na tabela. Além disso, outros grupos também têm direito à isenção.

Enviar pelo WhatsApp compartilhe no WhatsApp

A declaração do Imposto de Renda 2024 terá início em 15 de março e será obrigatória para quem não está na faixa de isenção ou não faz parte dos grupos que têm direito a ela. Estima-se que essa nova faixa de isenção cause uma redução da receita federal em R$ 3,03 bilhões em 2024.

Os contribuintes poderão emitir a declaração por meio do site da Receita Federal. A tabela progressiva do Imposto de Renda de 2024, divulgada pelo Ministério da Fazenda, mostra as faixas de base de cálculo, alíquotas e parcelas a deduzir do IR. Também é possível conferir os documentos necessários para emitir a declaração neste link.


📂 Notícias