Governo promove a inclusão no mercado de trabalho


O Governo Federal anuncia o auxílio-inclusão para beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC), um incentivo financeiro extra de R$ 706 para pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

Novo Auxílio para Beneficiários do BPC

O auxílio-inclusão oferece metade do salário mínimo (R$ 706) aos beneficiários do BPC que estão empregados com carteira assinada, garantindo um apoio financeiro estável.

Funcionamento do Programa

Anteriormente, os pagamentos do BPC eram suspensos quando o beneficiário ingressava no mercado de trabalho. Entretanto, em 2021, o auxílio-inclusão foi criado para conceder esses valores de forma contínua, garantindo o recebimento de R$ 706, que pode ser integralizado em caso de desemprego.

#

Pré-requisitos do Auxílio-Inclusão

Para receber o auxílio-inclusão, é necessário cumprir alguns pré-requisitos do Governo Federal:

Enviar pelo WhatsApp compartilhe no WhatsApp

– Possuir uma deficiência de grau moderado ou grave;
– Estar empregado e receber até dois salários mínimos;
– Ter recebido o BPC e tido o benefício suspenso nos últimos cinco anos por estar no mercado de trabalho;
– Possuir uma renda familiar per capita igual ou inferior a um quarto do salário mínimo;
– Ter o CPF regularizado e sem pendências;
– Ter o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal atualizado.

Benefício de Prestação Continuada (BPC)

O BPC é direcionado à população de baixa renda, fornecendo um auxílio mensal de um salário mínimo (R$ 1.045) a idosos com mais de 65 anos e pessoas com deficiência.

A iniciativa visa a inclusão e estabilidade financeira para pessoas que necessitam de apoio continuado. Se precisar de mais informações ou se encaixar nos pré-requisitos, não deixe de procurar o INSS para receber o auxílio necessário.


📂 Benefícios do Governo